Compolife, programa de logística reversa de materiais compósitos usados

Iniciativa pioneira no mundo no segmento de compósitos, o programa Compolife – Gestão Inteligente da Destinação de Resíduos Pós-Consumo – entrou em operação em agosto de 2016 com o estabelecimento de Termo de Compromisso entre a Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Estado do Paraná (SEMA-PR), o Instituto Ambiental do Paraná (IAP) e a Associação Latino-Americana de Materiais Compósitos (ALMACO), para a implantação de sistema de logística reversa de materiais compósitos usados.

O desenvolvimento do programa teve início no final de 2014 pelo Comitê de Sustentabilidade ALMACO, para atendimento ao Edital de Chamamento SEMA-PR 01/2014, publicado no Diário Oficial do Estado do Paraná em 27 de novembro de 2014.

O edital estabeleceu a responsabilidade compartilhada de fabricantes, importadores, comerciantes, distribuidores e consumidores na implantação de sistema de logística reversa pós-consumo para materiais compósitos poliméricos termofixos, compreendendo, principalmente, produtos fabricados com resina poliéster e reforçados com fibra de vidro.

Por ser um mercado amplo, foi estabelecido inicialmente o segmento de Transportes – Ônibus, para reciclagem de componentes como tetos, grades e para-choques, os quais são recolhidos nas oficinas credenciadas às empresas participantes do programa, considerando a cidade de Curitiba e mais 29 municípios, sendo que outros segmentos poderão ser agregados ao programa conforme a evolução da operação.

O destino final dos materiais é o coprocessamento em fornos de cimenteiras, alternativa de reciclagem reconhecida como ambientalmente amigável pela geração energética, sendo os resíduos da incineração incorporados na fabricação do cimento.

O plano elaborado pela ALMACO teve apoio da consultoria Masimon e participam do programa as seguintes empresas da cadeia produtiva de compósitos: Ashland, CPIC, Jushi, Marcopolo, Mascarello, Morquímica, Neobus, Owens Corning, Reichhold e Tecnofibras. Também apoiam o projeto a Associação Nacional dos Fabricantes de Ônibus (FABUS) e o Sindicato Interestadual da Indústria de Materiais e Equipamentos Ferroviários e Rodoviários (SIMEFRE).

 

Cumprimento da legislação

Todas as empresas transformadoras e fabricantes de matéria-prima participantes do Compolife garantem o cumprimento da legislação de logística reversa no estado do Paraná.

As empresas que comercializem produtos de materiais compósitos no Paraná devem procurar a ALMACO para que se adequem à legislação, uma vez que estão sujeitas à fiscalização e multas pelos órgãos ambientais. A ALMACO também recomenda aos associados adquirir matérias-primas apenas dos fabricantes cadastrados no programa, como forma de valorizar as empresas participantes e incentivar a adoção à legislação.

Os aspectos logísticos do programa estão a cargo da Geoquímica, empresa responsável por recolher as peças pós-consumo de compósitos em oficinas de ônibus e garantir a correta destinação. Localizada em São José dos Pinhais (PR), a Geoquímica já trabalha com a logística reversa de embalagens de lubrificantes e filtros automotivos, entre outros materiais.

Para maiores informações, entre em contato com a ALMACO pelo telefone (11) 3719-0098 ou pelo e-mail: marketing@almaco.org.br.

© 2017 ALMACO. Todos os direitos reservados.

Click Me